quarta-feira, 13 de maio de 2009

Evento comemorativo ao Dia das Mães nos ensina sobre cultura Indiana e nos faz refletir.


As mães dos alunos do Paulicéia puderam vivenciar tudo que a cultura indiana tem a nos oferecer: o equilíbrio entre o corpo e a mente proporcionado pela pratica da Yoga, a paz interior adquirida através da repetição dos mantras, e a surpresa de novos paladares através da degustação de delícias indianas.
Foi nesse clima que a Equipe do Paulicéia recebeu as mães homenageadas nesse dia especial. Tudo foi elaborado para termos um dia diferente dos outros. O tema central foi o culto à Lakshmi, que é uma manifestação da mãe divina - Deusa do amor da beleza, da sorte, da prosperidade e do sucesso. No hinduísmo, é representada por uma jovem de longos cabelos negros, vestindo um sari (vestimenta típica das mulheres na Índia) vermelho com bordados dourados e usando diversas jóias.
Quando Lakshmi é representada por quatro braços, os dois posteriores carregam flores de lótus (conhecimento desenvolvido), e indicam as atividades que conduzem à perfeição espiritual; os braços anteriores representam atividade no mundo físico, em que se vêem suas mãos doadoras de pepitas de ouro ou gemas do conhecimento, símbolos da fortuna que entrega aos homens. O assento de lótus sobre o qual a deusa se posiciona, representa o espírito sobre a matéria, e enfatiza a importância da vida pura, sem a qual a prosperidade e a graça são como uma concha vazia.
As moedas de ouro que caem da mão anterior de Lakshmi para a terra, ilustram o seu poder de doar riqueza e prosperidade a seus devotos. Os dois elefantes ao fundo, simbolizam o nome e a fama, associados à riqueza temporal. A idéia é que o devoto que obtiver a graça da riqueza não a receberá tão somente para adquirir nome e fama, ou para satisfazer seu próprio desejo material, mas para compartilhá-la com o outro, a fim de também propiciar-lhe felicidade. As trombas dos elefantes que sustentam cânforas das quais jorram água, representam as águas de Sagrado Ganges ou também o Amrita, elixir obtido através do agitamento do oceano do qual Lakshmi surgiu majestosa, com uma beleza inigualável.

Fizemos essa analogia com as nossas mães “reais” que lutam diariamente para cumprir seu papel da melhor forma possível, promovendo a prosperidade, amor e apoio incondicional aos seus filhos.
Repitam esse mantra e entrem nesse clima de paz e harmonia!


Om Shrim Shrim Mahalakshmyei Namaha

Nenhum comentário:

Postar um comentário